30o ENANGRAD

Nesse último final de semana o Prof. Rafael Rabelo participou do 30o ENANGRAD, que foi realizado na cidade de Uberlândia-MG, nas dependências da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

O evento tem reunido, há trinta anos, docentes, discentes e demais interessados no ensino e aprendizagem de Administração no Brasil. Nesse ano, o tema foi “Gestão da aprendizagem no contexto das transformações”.

Além das sessões científicas, também houve palestras, paineis e exposições. O evento fomentou o protagonismo dos congressistas pela realização de oficinas.

Dentre todas as oficinas, o Prof. Rafael Rabelo destacou a oficina conduzida pelo Prof. Luciano Durini, intitulada: “O método de estudo de caso da Harvard Business School: principais aspectos da metodologia”. “No contexto das transformações, modificar o método de ensino é imperativo para que a aprendizagem aconteça”, destacou.

Além das oficinas, foram apresentados os artigos com autoria ou co-autoria do Prof. Rafael Rabelo.

“A tecnologia da informação impacta a gestão do tenis de campo?”, de Felipe Camargo Rosas Carneiro, Rafael Rabelo Nunes, Aldery Silveira Júnior, Clarissa Melo Lima. Apresentação do artigo

“Análise da usabilidade do marketplace Ifood pela ótica do consumidor”, de Guilherme Lopes Wielewski, Clarissa Melo Lima, Evaldo Cesar Cavalcante Rodrigues, Aldery Silveira Júnior, Rafael Rabelo Nunes.

“Plano de benefícios sociais como ferramenta de motivação dos colaboradores em uma empresa automotiva: uma avaliação multicritério”, de Aldery Silveira Junior, Lorrane Alves Ribeiro, Lorrany Silva do Nascimento, Clarissa Melo Lima, Rafael Rabelo Nunes.

Please follow and like us:

É possível gerar indicadores de desempenho utilizando o SEI? ENAJUS 2019

Brasília, 06 de agosto de 2019.

Hoje, o Prof. Rafael Rabelo apresentou o artigo “É possível gerar indicadores de desempenho utilizando o Sistema Eletrônico de Informações (SEI)?” no Encontro Nacional de Administração da Justiça – 2019, realizado nas dependências da FINATEC, em Brasília.

O artigo partiu de uma pesquisa realizada dentro do Supremo Tribunal Federal pelo seu aluno Rodrigo de Lima Cunha, sob orientação do Prof. Rafael Rabelo e colaboração do Prof. Carlos André de Melo Alves.

Segundo um membro do comitê do Trabalho Remoto, a solução foi um “divisor de águas na gestão do trabalho remoto do STF”.

Link para o trabalho completo

RESUMO: O Sistema Eletrônico de Informações (SEI) – idealizado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, e atualmente, suportado pelo Processo Eletrônico Nacional do Ministério da Economia – tem sido um software muito adotado na Administração Pública Federal, com instalações em 111 órgãos dos três poderes em seus mais diversos níveis – Federal, Estadual e Municipal. Uma das razões que explica o sucesso desse software é a sua flexibilidade na implementação de processos de trabalho, sem que haja, necessariamente, mapeamento do fluxo e o detalhamento de todas as suas atividades do processo. Isso permite sua rápida absorção pelos usuários e as mais diversas áreas da organização. Em um primeiro momento, é comum se ter a sensação de que a eliminação do papel e o trâmite eletrônico dos processos traz ganhos, contudo, a inexistência de detalhes do fluxo do processo, aliada a ausência de indicadores de desempenho pode dificultar a sua melhoria contínua. Neste relatório técnico, propõe-se uma maneira de endereçar essa questão pelo uso do próprio SEI aliado a uma ferramenta de Business Intelligence. A metodologia utilizada foi a de pesquisa-ação dentro do processo de gestão do trabalho remoto do Supremo Tribunal Federal. Nessa metodologia, primeiramente se explicita o problema e os principais desafios, buscam-se por soluções que podem endereçar o desafio, implanta-se um protótipo de solução para, enfim, avaliar resultados para novos ciclos de melhoria. A proposta de solução não gerou custos adicionais para o Tribunal e trouxe insights para melhorias do processo de gestão do trabalho remoto.

Please follow and like us:

GOOP 2019

Estão abertas as inscrições para o Congresso de Gestão de Operações e Projetos em Organizações Públicas (GOOP), que será realizado na próxima semana, dias 27, 28 e 29/05/19nas dependências da FACE (Auditório Verde e Auditório Azul). As atividades ocorrerão à tarde (sessões científicas) e à noite (mesas redondas). Vide programação do Congresso em anexo.

As inscrições são gratuitas e serão efetuadas no site indicado a seguir, onde é possível consultar a programação do congresso.

O evento, apesar de ser gratuito, oferecerá coffee break para os participantes.

O Prof. Rafael Rabelo publicará o artigo intitulado “Instrumento para avaliação da maturidade em gestão de riscos em organizações públicas”, fruto de um trabalho da aluna Bárbara Teixeira. Ele também participará como palestrante em uma mesa redonda sobre Gestão de TI com a palestra “Riscos de TI: Um Caminho para Produtos e Serviços de Qualidade” (apresentação utilizada aqui).

Please follow and like us:

Mestrado Profissional em Engenharia Elétrica seleciona novos alunos

O Programa de Pós-Graduação Profissional em Engenharia Elétrica publicou hoje, o novo edital de seleção para 8 vagas para o Mestrado Profissional em Engenharia Elétrica.

Todas as 8 vagas são para a área de concentração em Segurança de Sistemas de Informação e de Redes.

As inscrições vão até o dia 10 de junho de 2019. Mais informações no edital, disponível em aqui.

Site do Programa de Pós-Graduação Profissional em Engenharia Elétrica

Please follow and like us:

Projeto MyMCDA-C é premiado com Menção Honrosa pelo PROIC/UnB

O PROIC/UnB liberou a lista de projetos que foram indicados ao Prêmio Destaque e à Menção Honrosa. O Projeto MyMCDA-C, desenvolvido pelo aluno Gabriel Tomaz Lima sob orientação do Prof. Rafael Rabelo e colaboração do Prof. Evaldo César teve indicação de Menção Honrosa.

O prêmio será entregue na Cerimônia de Premiação do 24º Congresso de IC da UnB e 15º do DF, no dia 26 de outubro (sexta-feira) às 15h, no Centro Cultural ADUnB, Campus Darcy Ribeiro, UnB, Asa Norte.

Links:
Informações sobre o projeto
Lista dos indicados
Software MyMCDA-C

Please follow and like us:

Pesquisadores do GOMETA apresentam artigos no 29o. Enangrad na FECAP/SP

Os pesquisadores do GOMETA: José Márcio Carvalho, Carlos André de Melo Alves e Rafael Rabelo, juntamente com alunos do ADM/UnB participaram na última semana do 29o. Enangrad – Encontro Nacional dos Cursos de Graduação em Administração, organizado pela ANGRAD – Associação Nacional dos Cursos de Graduação em Administração na FECAP em São Paulo.

Na ocasião os pesquisadores, juntamente com alunos do ADM/UnB apresentaram artigos desenvolvidos em nosso grupo de pesquisa. Foram apresentados os seguintes artigos:

ENANGRAD PLENO – ‘Crowdfunding: uma análise da produção científica em bases de dados de 2013 a 2017’. Autores: Marcio Rossi Junior e Carlos André de Melo Alves. Destacamos que este artigo foi selecionado entre os três melhores da Área 2: ‘Empreendedorismo, Startups e Inovação’, dessa forma, o artigo recebe o ‘certificado de mérito’ pela Comissão Científica do 29o. Enangrad.

ENANGRAD PLENO – A estrutura produtiva de cafés especiais da Mantiqueira de Minas: uma abordagem de netchains, de autoria de Giulia Angélico (UFLA) e José Márcio Carvalho.

ENANGRAD PLENO – Análise da influência da potência de equipe na execução de projetos: um estudo com a equipe de operações de jornalismo da TV Globo em Brasília, de autoria de Leonardo Campos, José Márcio Carvalho e Carlos Rosano Peña.

ENANGRAD PLENO – Aderência à lei n. 12.305/2010 e operacionalização do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de uma organização pública, de autoria de Adriane Rangel e Jorge Alfredo Cerqueira Streit.

ENANGRAD PLENO – A influência do Marketing Digital nas Micro e Pequenas Empresas de Brasília, cujos autores foram Mateus Recart Costa, Rafael Rabelo, Aldery Silveira Junior e Jorge Alfredo Cerqueira Streit.

ENANGRAD JÚNIOR: ‘Eficiência do Setor Aéreo Brasileiro com DEA: uma revisão sistemática interativa’, o qual é de autoria e foi apresentado por Frederico Lima Meneses, com a supervisão do pesquisador do GOMETA Victor Rafael Rezende Celestino.

Fonte: Blog GO META

Please follow and like us:

Disponibilizada versão alfa do software MyMCDA-C Decision

Na última semana, o Prof. Rafael Rabelo e o seu aluno de PIBITI Gabriel Tomaz disponibilizaram a versão alfa do software MyMCDA-C Decision, que implementa a técnica de decisão multicritério – MCDA-C.

Técnicas de decisão multicritério tem como objetivo “utilizar uma faixa de critérios para avaliar de forma objetiva e transparente o valor global de um conjunto de opções” quando se considera um processo organizacional ou qualquer processo decisório (ISO, 2012).

As técnicas de decisão multicritério podem ser utilizadas para:

  • comparar múltiplas opções para uma primeira análise para determinar opções preferenciais e potenciais e as inapropriadas;
  • comparar opções onde existam critérios múltiplos e, algumas vezes, conflitantes;
  • alcançar um consenso sobre uma decisão onde diferentes partes interessadas têm objetivos ou valores conflitantes (ISO, 2012).

Essa ferramenta pode ser utilizada em diversos momentos da gestão organizacional, inclusive na identificação, análise de consequência e probabilidade dos riscos, nível de riscos e avaliação de riscos, como bem descrito na norma ISO 31.010.

Existem outros softwares que implementam essa mesma técnicas mas todas exigem algum tipo de licenciamento. Dessa forma, o software tem o propósito de ser gratuito, e está sendo desenvolvido com o uso de tecnologias software livre como PHP, MySQL e Laravel. Esse projeto é financiado parcialmente com recursos da FAP-DF.

A interface é para ser multi-lingual, com preferência para a língua inglesa.

Para acessar a versão alfa, basta entrar no endereço mymcdac.herokuapp.com

Please follow and like us: